Páginas

5 de jul de 2011

Lembranças!

Os dias passam e as lembranças estão cada dia mais acesas, passando rapidamente como se fosse um filme de contos de fadas, mas quando chega o fim o conto de fadas se acaba e a realidade volta!
São tantas as lembranças os momentos, que não tem nem como explicar, e sim para e pensar se realmente tudo isso um dia chegou a acontecer ou se tudo isso não se passa de um simples sonho tido na noite, que vai se confundindo com a realidade...
Vão das lembranças mais simples, como um simples olhar, as lembranças mais complexas, como planos para o futuro, passeios feitos, e até um simples fim de tarde em uma pedra deitados conversando e observando as estrelas e a lua. São lembranças tão boas e momentos tão perfeitos (aqueles momentos de filmes, que achamos que jamais aconteceram conosco), que em alguns momentos nos dão duvidas se realmente aconteceram mesmo, ou se não foi um filme que vi e achei que tivesse acontecido. Porém são lembranças com os mais diversos mínimos detalhes possíveis, para não terem acontecidos! Em meados tantas lembranças, vem as grandes promessas feitas, os grandes planos para o futuro, as grandes dedicatórias, as mais apaixonantes possíveis, vem as tantas histórias em comum de ambas as famílias, os apelidos de carinhos dado por ambos. Era uma história da realidade que se parecia com as histórias de contos de fada....
As Músicas e histórias que iam se encaixando com a nossa histórias!!
 Pura Mágica!
Foi lindo ver você
Apaixonada
No primeiro olhar
Que você deu
Um encontro casual
Na madrugada
Tanta felicidade
Entre você e eu...
Rolavam sentimentos
Sem palavras
Não havia nada prá dizer
A troca de emoção
É pura mágica
Quando o impossível
Pode acontecer...
E a realidade virou sonho
Nenhum de nós dois sentia medo
Na boca, o seu sorriso
Era de anjo
Entre nós dois não tinha mais
Nenhum segredo...
Não vai dá (Não vai dá!)
Prá pensar (Prá pensar!)
Não vou mais (Não vou mais!)
Te esquecer (Oh! Oh! Oh!)
Foi amor, e teve tanta
Intimidade!...
Arranhou (Arranhou!)
Meu coração (Meu coração!)
Pro meu corpo o teu prazer
Foi tão forte que provocou
Até saudade...
Você sempre será a namorada
Que com liberdade eu aceitei
Desde que te encontrei
Na madrugada
Sonhando acordado
Eu me apaixonei...



Nenhum comentário:

Postar um comentário