Páginas

18 de jul de 2011

A vida....

Porque a vida tem que ser tão cruel para nós, porque que ela tem que nos tirar as coiasa mais preciosas de nossas vidas, porque muitas vezes ela nos faz sofrer tanto em tão pouco tempo, hoje sei como as pessoas sofrem quando perdem algo muito importante de suas vidas, ou melhor dizendo como sofremos pela perda de um pai, pode ser ele o melhor pai do mundo ou não, pode ser o filho mais distante ou não, o que sei hoje é que não importa as indirenças das pessoas TODAS sofrem igual a perda de alguem tão importante, aquele que sabemos que é por ele ou ela que existimos hoje, que temos que agradecer a ele também por nos ter dado a vida e por ter cuidado de nós.
Como dói quando nós perdemos um pai, e doi mais ainda quando logo em seguida pessoas que tu gosta muito perde seu pai também, e pior sendo ele seu tio, por mais que não fosse tão chegado utimamente, era tio e era também muito querido. O pior é que ninguém pode se preparar, fico imaginando se quando sabemos que está proximo o dia de perder seu pai e você vai se “preparando” é muito muito dificil, imagina quando está tudo bem com seu pai, ele vai pra casa deita em sua cama para dormir e você recebe a noticia que seu pai nunca mais irá acordar, é tão duro e tão cruel com agente, doi tanto e é uma dor que não tem como explicar, uma dor que nunca passa e que a cada dia que vai passando parece que vai almentanto e almentando e almentando tanto, que parece até que nunca irá passar ou que nunca irá amenizar. Bom dizem que com o tempo vai passando, vais te conformando e tudo vai amenizando, mais será mesmo? Será que um dia isso passa? Cada segundinho que vai passando vai doendo tanto. Como eu queria ser mais forte para poder dar conforto as pessoas nessa hora tão mais tão dolorida e tão dificil da vida :S
Ai ai ai Tio, sei que estás neste momento lá no céu olhando e cuidando de nós juntamente com meu paizinho e nossos outros queridos sei que hoje vocês são nossas estrelas, nossos anjos da guarda e que estão cuidando de nós todos! Amo todos vocês (L
                                                                                                                                                       

Nenhum comentário:

Postar um comentário