Páginas

6 de jun de 2012

Amor! Felicidade!

               Quando amamos não sabemos quais os passos que temos que tomar muitas vezes, não queremos que o sonho nunca acabe, só queremos ficar sonhando o resto dos dias, não queremos mais nada além de ficar junto do amado, quando amamos sonhamos com futuros juntos, sonhamos em ter nosso espaço, em construir nossa própria história, em caminhar as estradas da vida juntos, pensamos em casar, ter filhos, ficar velhinhos juntos.

               Quando amamos só queremos a felicidade um do outro, queremos estar a disposição pra todos os momentos da vida um do outro, quando amamos não medimos esforços pra um com outro, queremos juntos construir um castelo com fortalezas mais do fortes pra que não haja tempestades para destruir, e assim proteger nosso reinado, queremos mover montanhas pra dar a felicidade por completo, queremos passar por cima de todos os obstáculos, escalamos até mesmo as montanhas mais altas do mundo se for preciso.
                O amor quando verdadeiro nos leva ao altar, nos leva a construir nossa própria família, a termos o nosso próprio castelo, nos leva a momentos de felicidade inexplicáveis, a termos uma vida inteiramente de cumplicidade com o próximo, ele não pede licença para entrar em nossas vidas, ele entra sem bater vem silencioso e quando vemos já tomou conta de tudo, e dali ele não quer mais sair. Ele toma conta de uma forma inexplicável, não tem hora e nem momento da vida pra chegar. Ele vem sem avisa, que sem importar a idade, nos faz cometer loucuras, até mesmo aquelas que nos vemos incapazes de fazer. Pode ser jovem ou idoso, não importa ele nos pega de uma forma inexplicável, que mesmo na idade mais avançada demonstramos o brilho de nosso amor!

                Não vamos nos deixar levar pela mídia, vamos nos tornar exemplos de grandes amor duradouros, vamos mostrar ao mundo que quando á amor somos capazes de muito, vamos todos juntos demostrar a felicidade que temos em nossos corações e despertar a criança adormecida que à dentro de todos, jovens, adultos, idosos, não importa a idade, vamos deixar livre estacriança que temos em nossos corações, vamos deixar que elá apareça para que todos ah conheçam !

               Não importa se é casado, solteiro, namorado, o que importa é a felicidade e o amor que temos um pelo outro!

por Amanda Isidoro Peixoto
sexta-feira, 23 de março de 2012

Nenhum comentário:

Postar um comentário