Páginas

6 de jun de 2012

Dedicada á Você!

E desculpe se te amo e se nos conhecemos.
Uns dois meses ou pouco mais.
E desculpe se não falo baixo.
Mas se não grito, morro.
Não sei se sabe que te amo.
E desculpe se rio, me entrego ao embaraço.
Olho pra ti fixamente e tremo.
À ideia de te ter do meu lado.
E me sentir somente teu.
E estou aqui e falo emocionado.
E sou um atrapalhado!

Oi... como estás? Pergunta inútil!
Mas o amor me torna previsível.
Falo pouco, eu sei... e estranho, dirijo devagar,
Será o vento, será o tempo... será... fogo!
(Imbranato-Tiziano Ferro)

Nenhum comentário:

Postar um comentário