Páginas

27 de mar de 2012

O fundo embaçado é tão importante para fotos bonitas?

Eu gostaria de “dar meu pitaco” não só no comentário dele sobre o Bokeh, e sim sobre o comentário no geral.

Primeiro: ele já começou o comentário de forma errada. Gente que começa falando que é profissional há tantos anos só pode estar querendo se justificar. E tem mais: conheço fotógrafos de anos que não sabem usar a câmera no modo manual assim como fotógrafos maravilhosos que compraram sua primeira DSLR há dois meses.

Como eu sempre digo: nosso “mundo” da fotografia está cheio de gente arrogante. Por isso humildade é uma característica que se destaca. Mas não no caso do nosso amigo Benji.

A forma como ele se referiu aos fotógrafos mais jovens também mostra isso: esses “profissionais” da internet (assim, entre aspas). Ele disse isso se referindo à nossa (minha, pelo menos) geração, que aprende muita coisa na internet, e também compartilha muito – seja no Flickr, Olhares, blogs, etc… ou seja: ele não só se acha superior por ter feito uma faculdade como acha que qualquer um que tenha colocado sua primeira foto profissional no Flickr é um zero à esquerda. Tolerância é para os fracos, né Benji?

Dito isso, vamos ao comentário a respeito da abertura e sua relação com retratos!
Abertura + Assunto + Fundo

Vou dar uma de arrogante assim como ele: fotografo pessoas e essa é uma das atividades que paga minhas contas. Talvez aqui no Brasil o gosto seja diferente (ouso dizer: melhor rs…), mas meus clientes gostam muito dos meus retratos e por isso pelo menos um pouquinho de razão devo ter:

1. Quando estou fotografando pessoas estou quase 100% do tempo com a abertura máxima da minha lente. Normalmente isso é 2.8, mas quando uso a 50mm, é quase certo que estarei fotografando em 1.8 – se eu tivesse uma 1.4 certamente estaria fotografando nessa abertura, mas não tenho.

2. É algo básico da técnica de fotografia de retratos que o fundo interessa sim. É óbvio que o mais importante do retrato é a pessoa, mas isso só dá mais importância ainda para o fundo. Se o fundo está todo em foco ele vai chamar mais atenção do que o nosso retratado! Além do que, se o fundo não tem nada a ver com o nosso retratado, a imagem final não vai ter nenhum equilíbrio.



3. E tem mais: interessa sim se o Bokeh está legal – o seu cliente provavelmente não vai falar “quero um bokeh bonito” pois ele não sabe o que é isso. Mas quando eles vêem uma foto com profundidade de campo curta eles acham aquilo lindo! Eles não conseguem fazer aquilo sozinhos e não sabem como funciona, mas (e talvez por isso) acham bonito! Então um fundo desfocado é SIM uma forma de fazer uma foto parecer mais legal! E a desculpa dos clientes não cola comigo u.u

Nenhum comentário:

Postar um comentário