Páginas

27 de mar de 2012

O que é uma foto poluída, e como evitá-la



O que significa?

Uma foto poluída dá destaque para muitas coisas ao mesmo tempo. É como aquelas pessoas que falam, falam, falam e não dizem nada. Isso pode acontecer por vários motivos:
São muitos elementos que não conversam entre si
Dá-se muito destaque aquilo que não merecia destaque
O ponto mais importante da foto não tem mais destaque do que os secundários
Não existe um equilíbrio entre os elementos da composição
A foto não conta uma história e não instiga a curiosidade
Ao olhar a foto não sabemos para onde olhar primeiro

Lembre-se que o que você está fotografando não interessa muito. Pode ser uma paisagem incrível, uma modelo linda, o quintal da sua casa ou uma textura encontrada num cantinho da sua cidade: tudo pode resultar em uma foto bonita se você prestar atenção nos pontos acima.
Como evitá-la?

Antes de clicar pense no objetivo da sua foto: o que ela quer contar? O que ela quer mostrar? Tudo que estiver na foto e não estiver ajudando a contar esta história é poluição. O que fazer com essa poluição? Esconda! Chegue mais perto, desfoque o fundo, tente ângulos mais altos ou mais baixos. Componha a foto pensando em todos esses detalhes. É esse cuidado na hora de compor sua foto que vai diferenciá-la de uma foto sem sal!

Uma foto que poderia ser ordinária pode ficar interessante desfocando o fundo…

Caneca | 70mm – f/2.8 – ISO 100 – 1/500s

…procurando um ângulo mais alto ou mais baixo…


Beijinho | 24mm – f/2.8 – ISO 250 – 1/100s

…ou chegando mais perto.


Retrato | 70mm – f/2.8 – ISO 100 – 1/250s



No post anterior me pediram para colocar fotos “erradas” também. Eu acho injusto pegar uma foto dos outros e falar que está feia, então vou ter que manchar minha imagem e mostrar as minhas fotos horríveis :P Lá vai uma foto totalmente sem sal porque foi tirada sem pensar:



O que essa foto tem de errado? Tudo! O céu não tem graça nenhuma (então pq mostrá-lo?), a vegetação é toda da mesma cor e não diz nada além de “oi, sou uma vegetação” e as casas não ajudam em nada na composição. Não é a câmera usada e sim aquele equipamento mais importante: nosso olhar. Uma foto só fica feia por preguiça de olhar.

Não tenho uma foto muuuuuito melhor deste mesmo lugar pra comparar mas uma ficou um pouco mais interessante simplesmente porque cheguei mais perto:



Não chega a ser boa (tá, eu tava bem preguiçosa nesse momento) mas dá pra ver a melhora comparando com a de cima, né? Além disso a foto conta uma história (uma biblioteca comunitária de uma pequena ilha no litoral do Paraná.)

Nenhum comentário:

Postar um comentário