Páginas

23 de mai de 2012

Quartos para bebes!

Encontrei algumas dicas para aqueles que estão se preparando para receber mais um membro para completar sua família..

 Casa Cor Ceará - Suíte do bebê. Com tons claros e delicados, o ambiente de Magaly Gentil traz móveis brancos, papel de parede listrado, forro de madeira e carpete. A iluminação é discreta e o enxoval em tons de rosa é feito de tecidos finos. A novidade fica por conta da opção da arquiteta em reservar um espaço para a higiene do bebê dentro do próprio quarto, abrindo mão do banheiro.
Casa Cor Campinas - Quarto do bebê. A leveza prevalece em cada detalhe. Para enfatizar o ar do campo, os arquitetos Cláudio Jaloto e Renata Assaf escolheram móveis de marcenaria com acabamento em pátina provençal. O papel de parede listrado de azul e branco confirma a delicadeza e arremata o espaço ao lado da ampla janela, vestida com persiana de madeira branca para que a luz natural apenas se insinue. Dos quadros emana suave iluminação indireta. A bancada branca diminui a altura do pé-direito e ainda serve de apoio. Repare no teto. As réguas com encaixe macho-e-fêmea ganharam pintura de esmalte branco e refletem a claridade.
Casa Cor Bahia - Quarto da menina. Branco e rosa dominam no quarto de menina projetado pela designer de interiores Adélia Estevez. A cama remete aos contos de fada, mas não faz tira o tom contemporâneo do espaço, confirmado pelo uso de vidros, acrilato e nos Toy Arts da bancada. O closet espaçoso pode ser visto através de um vidro incolor, onde a foto da dona do quarto é estampada.
Casa Cor Rio Grande do Sul - Dormitório do Bebê. O quarto do bebê projetado pela arquiteta Daniele de Souza Cardoso é marcado pela predominância de tons claros. O closet, com nichos definidos para tudo, até mesmo para o carrinho, facilita a organização. O berço, com acabamento de palha branca, fica próximo ao tapete de náilon com círculos que acompanham o desenho do painel de madeira, cujos leds formam um céu estrelado. A poltrona com pufe proporciona conforto para a mãe na amamentação.

Especialista em quarto infantil, a arquiteta de Goiânia Mariela Romano usou o vermelho como base do projeto, mas tomou um grande cuidado. “Para não estressar a criança, a cor é aplicada de maneira mais intensa nos locais fora do alcance dos olhos do bebê”, diz. O painel de madeira com recorte de flores e acabamento de tecido é outro destaque do ambiente.

Nenhum comentário:

Postar um comentário